BICHINHO DO BOSQUE OU BICHINHO «PINTADO»

 

 

                                                                            

 

 

 

 

  1. 1.     BICHINHO DO BOSQUE OU BICHINHO «PINTADO»

 

BINHETE DE IDENTIDADE

 

GRUPO

 

Prociónidos

 

RAÇA

 

Ailuropoda Melanoleuca

 

ORIGEM

 

China

 

PESO (adulto)

 

 

80 Kg (mínimo)

160 Kg (máximo)

 

ALTURA

 

 

1,20m (mínimo)

1,50m (máximo)

 

PÊLO

 

Branco com manchas pretas

 

CARÁCTER

 

Preguiçoso e afectuoso

 

 

 

                                         

 

 

 

 

  1. 2.     A VIDA DO PANDA

O Panda habita nas montanhas da China meridional, nas províncias de Sichuan, Shaanxi e Gansu, a uma altitude de 1500 a 3000 metros.

Durante o Verão, este animal migra até ao Tibete oriental para, depois, lá para o início do Outono, regressar novamente às suas montanhas de origem.

O Panda é um animal essencialmente vegetariano (é um herbívoro). Com efeito, a sua dieta é baseada num só tipo de alimento: os rebentos de bambu. No entanto, nos momentos mais difíceis, o Panda adapta-se comendo folhas, flores, raízes e até mesmo pequenos mamíferos

 

 

  1. 3.     AS CARACTERÍSTICAS DO PANDA

      Uma das suas principais características é a preguiça. Um Panda adulto dedica metade do dia a procurar rebentos de bambu para, quando os encontra, os mordiscar lentamente. Para ficar satisfeito, come pelo menos umas catorze horas por dia, passando o tempo que resta a descansar desta difícil tarefa, sentado ou recostado a um ramo.

      Outra característica do Panda é o seu belíssimo pêlo. A sua suave e espessa pele é de duas cores totalmente opostas – preto e branco – que delimitam bem as diferentes partes do seu corpo: a cabeça, o pescoço e a parte inferior do dorso são brancos; as orelhas, o contorno dos olhos, as patas e a parte superior do dorso são pretos.

 

                               

 

  1. 4.     O PANDA E O HOMEM

Apesar de agora a sua situação ter melhorado ligeiramente, este animal esteve, durante décadas, em eminente perigo de extinção. Isto deve-se ao facto do Panda ser um animal que se reproduz muito pouco; mas, sobretudo, por só comer bambu: um alimento cada vez mais escasso, por culpa do homem.

A sua espécie está reduzida a um número limitado de exemplares (segundo estudos recentes, a população mundial de pandas gigantes não excede o milhar de exemplares) que vivem no coração dos inacessíveis bosques de bambu, nas montanhas de algumas províncias da China, no chamado «país das nuvens».

 

 

 

SABIAS QUE:

      Desde a sua fundação que a WWF – a Organização Mundial de Protecção da Natureza e dos animais – tem como símbolo o PANDA;

      Os primeiros exemplares de panda apenas chegaram à Europa nos finais do século XIX;

      O Panda é um habitante solitário dos bosques de bambu;

A mãe Panda dá à luz um só filhote no final do Outono. O bebé panda pesa pouco mais de cem gramas, mede uns dez centímetros de altura, é cego e completamente branco;

 

      Um filhote de panda só aprende a andar ao quarto mês de idade, e até lá está sempre junto da mãe;

      O Panda pode viver até aos dezasseis anos de idade, metade do tempo dos outros ursos. Além disso, a sua vida é difícil porque, embora seja um animal de grande porte, é lento e indefeso (fraco) perante os predadores;

      O Panda quando come, senta-se para ter as «mãos» livres e poder arrancar os rebentos de bambu e levá-los à boca. Ocupa a maior parte do seu dia a comer, pelo que, depois, não tem outro remédio senão descansar – fazer uma longa SESTA!

 

 

 

Significado:

Bambu – Cana-da-índia

Dorso – costas/lombada

Escasso – raro/pouco

Solitário – sozinho/isolado

Predadores – destruidores

 

 

                                          

publicado por animaisemsarilhos às 19:45